BitcoinCriptomoedaNoticiasTecnologia

O mercado de criptomoedas está morrendo?

Existem mais de 1.000 criptomoedas e projetos relacionados que falharam, eles vão desde a ICOs fraudulentas a empresas que prometeram uma revolução baseada em blockchain. Para cada moeda bem sucedida, existem outras dezenas que não ganharam adoção e só trouxeram prejuízos aos seus investidores.

Durante a alta do bitcoin em 2017, muitas pessoas abriram contas em corretoras com o desejo de comprar o Bitcoin (BTC) e outros criptoativos, infelizmente muitos investidores não entenderam como funciona as criptomoedas e os mercados desses ativos.

Essa confusão provavelmente assustou muitos os investidores quando os preços caíram, fazendo com que muitos deles tivessem grandes prejuízos.

A imagem mostra uma variedade de criptomoedas

O número de falhas não é muito surpreendente, dada a subida meteórica no preço do Bitcoin, que trouxe com ele novos milionários e bilionários ao mercado. Esse fato atraiu muitas pessoas que ofereceram novas moedas com um grande hype do mercado, porém, sem nada para respaldar suas promessas eminentes.

Apesar da queda no preço do bitcoin este ano, ainda se notam aumentos fortes nos últimos anos. A moeda digital oscilou entre US$ 550 e US$ 650 em 2016, em 30 de julho deste ano o seu preço estava acima dos US$ 8.000.

Veja Também: O que são Altcoins?

Muitos investidores entraram no movimento de alta entorno dos quase US$ 20.000 no ano passado, e provavelmente viram artigos que falaram sobre a possibilidade de um aumento para US$ 100.000 no próximo ano. Essa promessa de lucros rápidos no curto prazo, trouxe a bordo muitos investidores não profissionais e sem quaisquer experiência com esse tipo de mercado.

Uma indústria em amadurecimento

Um analista da PwC que estuda ICOs e o mercado de criptomoedas, vê o setor amadurecendo e evoluindo conforme as ICOs se tornam mais estruturadas e os governos integram os quadros legais existentes para englobar o Bitcoin.

A regulamentação das principais corretoras de criptomoedas é realizada com bastante resistência, mas é necessária para impedir o hacking, e reduzir o uso dessas plataformas por criminosos. O hacking mais famoso sob essas plataformas, foi o da Mt. Gox em 2014, mas essas corretoras aprenderam a lição depois do ocorrido na Mt. Gox, desde então não há hacks grandes desde então.

Os governos estão evoluindo em relação a regulação desses ativos. Isto deve ajudar a melhorar a confiança do investidor e reduzir a quantidade de fraudes no setor. Por exemplo, a Coréia do Sul anunciou a criação de uma agência que irá abordar a regulação das criptomoedas.

Este impulso é necessário para ajudar a evitar fraudes, e isso significa em especial que o governo da Coreia do Sul considera que as criptomoedas são uma forma de investimento positivo (ou pelo menos não negativo). Outros países continuam adotando novas leis e regulamentos para facilitar o uso e a aceitação das criptomoedas.

Otimismo para o crescimento a longo prazo

Um indicador chave para as perspectivas positivas nas criptomoedas é o uso de blockchains como uma plataforma base para vários projetos em grande escala que são executados por grandes corporações. Essas empresas não investem em tais projetos, se não fizerem pesquisas sobre suas propostas e recursos da tecnologia.

A imagem mostra uma teclado, em cima do teclado temos uma corrente e o botão enter tem a palavra blockchain

Este suporte ao blockchain como uma plataforma deve manter o interesse pelas principais criptomoedas, como Bitcoin e Ethereum. A IBM está imergindo no “blockchain-as-a-service”, comprometendo recursos humanos e financeiros para construir e utilizar várias plataformas de blockchain. Outras grandes companhias como Oracle, Microsoft e Google, também estão migrando para o blockchain.

Veja Também: Devo investir em Altcoins?

O encanto pelas criptomoedas e a blockchain permanece. Essas moedas proporcionam aos investidores um investimento de longo prazo que oferece diversificação além das ações e títulos tradicionais. Os investidores nos EUA estão buscando investimentos baseados em criptomoedas com o intuito de ganhar alguma exposição aos potenciais lucros no longo prazo.

Mostrar mais
loading...

Leandro de Oliveira

Leandro de Oliveira é um entusiasta de bitcoin e blockchain. Ele está muito otimista com o papel que as criptomoedas e a blockchain terá no futuro. Leandro se junta ao nosso seleto grupo de colaboradores do portal Studio Bitcoin.

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios