BitcoinExchangeNoticias

Moedas enviadas para o endereço errado? “Exchanges estão lucrando com erros de usuários”

As exchanges estão lucrando com os erros de transações de seus usuários, cobrando grandes “taxas de recuperação” ou simplesmente não recuperando os tokens enviados para endereços errados. O problema se tornou mais grave recentemente, pois os usuários inexperientes encontram redes com formatos de transações similares – como o Bitcoin e o Bitcoin Cash e os tokens ERC-20 do Ethereum.

Muitas exchanges, como a HitBTC, têm uma política que as transações enviadas incorretamente não serão reembolsadas. Alguns têm uma “política de recuperação cross chain”, onde o suporte vai recuperar os tokens a um preço – para tokens derivados do Bitcoin, a CoinExchange.io cobra uma taxa de 0.05 BTC por recuperação, a Bittrex cobra 0,1 BTC. Entretanto, a Bittrex apenas recupera valores superiores a US $ 5.000 USD no momento do envio.

Leia Também: “Bitcoin chegará a US$ 1 milhão até o final de 2020”, segundo John McAfee

Para o ETH enviada para um endereço de token ERC-20, a CoinExchange cobra 10% do valor da transação. Para os tokens ERC-20 enviados para endereços errados, há uma taxa de recuperação de 0,5 ETH.

Nos preços atuais de ETH e BTC, isso é de $ 230 USD (para ETH) e US $ 1.100 (para bitcoin).

(Pre-SegWit) Bitcoin e Bitcoin Cash usam formatos de endereço idênticos, tornando extremamente fácil de enviar moedas para um endereço errado. Há muitos relatos disso acontecendo. A proliferação dos tokens ERC-20 criou um problema semelhante para o Ethereum.

Se o valor for substancial, pode valer a pena pagar as altas taxas – criando um fluxo de renda extra para as exchanges. Os traders menores provavelmente irão se recusar à pagar essa taxa.

Alguns serviços recuperam gratuitamente, outros não

Como é de se esperar, até mesmo usuários experientes, podem errar uma hora ou outra. Houve vários relatos de usuários da carteira Bitcoin.com que enviou BCH para endereços BTC, entretanto o Bitcoin.com teria ajudado a resolver esse equívoco (sem custo).

Essas carteiras possuem as chaves armazenadas localmente, apenas para o usuário. Com as exchanges é outra questão, vários usuários podem estar enviando transações para o mesmo endereço. Verificar e reembolsar essas transações equivocadas, dizem eles, é inerentemente demorado e arriscado.

Mas então, seu software consegue manter os registros precisos de todas as transações corretas para a exchange, então por que é tão difícil verificar as incorretas? De acordo com esta conta de usuário, a ViaBTC verificou e reembolsou o BTC enviado para um endereço BCH – também sem cobrança.

Com tantas transações erradas, os erros são demorados – ou lucrativos

Um usuário que falou em um grupo de bate-papo publicou “screenshots” de sua reivindicação para 0,3 BCH (US$ 455). Esse é um montante não trivial para muitos traders, especialmente aqueles em países de baixa renda. No entanto, a exchange solicitou uma taxa de 0,05 BTC (US$ 565), dizendo: “por favor, aprecio que temos um atraso muito grande destes depósitos enviados por engano”.

Se for esse o caso, algumas exchanges estão gerando bastante lucros com as transações mal encaminhadas, de uma forma ou de outra.

Leia Também: 5 razões que tornam o Bitcoin o melhor presente de Natal

CoinExchange.io justifica sua política em sua página de suporte, dizendo:

“A recuperação de depósitos de cadeia cruzada (cross-chain), é um processo inerentemente perigoso e que consome muito tempo. Nem todos os depósitos podem ser recuperados, e dependentes de qual moeda foi enviada equivocadamente para qual endereço pode influenciar a dificuldade, o tempo e o risco de segurança envolvidos”.

Como este fórum de suporte no HitBTC indica, existem vários erros de transação de endereço incorreto. Procure por “erro de transação cruzada” ou “recuperação” no Google e você encontrará centenas de casos. Lidar com isso é, obviamente, demorado e caro, como disse a CoinExchange.

Siga-nos nas redes sociais e receba os principais destaques sobre Bitcoin 🔔📩

Studio Bitcoin

Studio Bitcoin é um portal brasileiro de notícias e informações sobre Bitcoin, Altcoins é Blockchain.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker