BitcoinCriptomoedaEducaçãoNoticias

10 erros mais cometidos pelos investidores de criptomoedas

O mercado de criptomoedas pode render bastante dinheiro aos seus investidores. Isso coloca em perspectiva o grande crescimento que tivemos ano passado, quando o mercado de criptomoedas chegou perto de US$ 1 trilhão. Infelizmente, nem todo mundo está ganhando dinheiro nesse mercado devido à erros simples que poderiam ser facilmente evitados.

Se você é um novato e planeja investir seu dinheiro em criptoativos, é fundamental que você conheça as 10 melhores dicas de investimento em criptomoedas.

Os 10 erros mais cometidos por investidores de criptomoedas

1 – Comprando na alta e vendendo na baixa

O mercado de criptoativos está sujeito a oscilações e as criptomoedas podem ser facilmente manipuladas. Como resultado, as variações de preços são constantes, e os investidores se envolvem com isso muitas vezes. O investimento errado é comum entre os novatos, especialmente quando eles “compram na alta e vende na baixa”, normalmente devido ao pânico quando eles enfrentam quedas acentuadas.

O problema com essa estratégia de “comprar na alta e vender na baixa“, é que no momento em que você colocou uma ordem de venda, você está assumindo os possíveis prejuízos. Embora essa decisão tenha a intenção de evitar novos prejuízos, a maioria das moedas voltará a subir novamente em dias ou horas.

Dessa maneira, ao ver um aumento no preço do ativo, os investidores iniciantes comprarão novamente o ativo á um preço maior, repetindo o ciclo de novo e de novo.

Este é um caso bastante comum entre os investidores iniciantes, dessa forma eles vão perdendo seus fundos pouco a pouco.

2 – Amor a uma moeda

Nenhuma moeda permanecerá subindo para sempre, nem mesmo o Bitcoin. Nesta perspectiva, o investidor terá dias de glorias, mas também ele deve passar por dias terríveis. O mundo das criptomoedastem evoluído com varias oportunidades que se apresentam diariamente. Se você acredita em uma moeda, fazer o “Hold” ou especificamente um investimento a longo prazo, seria considerado a melhor abordagem.

Nesta imagem temos uma variedade de criptomoedas junto com o Bitcoin.

Se você busca investimentos de curto prazo, você não deve ter nenhum apego emocional por nenhuma moeda.

Um exemplo incontestável é o preço do bitcoin que caiu de US$ 20.000 para cerca de US$ 5.800. Entretanto, existem muitos investidores que o venderam entre US$ 10.000 e US$ 20.000, e compraram de volta entre US$ 6500 e 6000, garantindo dessa maneira um lucro extra no BTC.

3 – Quanto mais barato, melhor

Uma moeda que custa menos de 1 dólar nem sempre é o melhor investimento. Embora seja verdade que uma moeda de 5 centavos pode facilmente atingir 20 centavos em um curto período comparado a uma moeda de US$ 100, chegando a US$ 500. Uma moeda de US$ 0,05 também pode cair para um centavo, fazendo com que você perca uma parte do seu investimento.

Não devemos em hipótese alguma fazer um investimento em criptomoedas só porque são baratas, isso não garante lucratividade. É importante descobrir por que essa moeda é barata e quais são os avanços tecnológicos que prometem um aumento em seu preço.

4 – Em busca de um novo Bitcoin

No ano passado, vimos o bitcoin subir de US$ 1.000 para US$ 20.000, o que foi bastante impressionante. Além disso, Ethereum e outras criptomoedas também bateram recordes de preço. É importante notar que nem todas as moedas tiveram o mesmo sucesso.

Devido à oferta abundante e alguns outros fatores, algumas moedas não tiveram o mesmo sucesso. Investir em uma criptomoeda e esperar que ela aumente mais de 2000% não é uma boa ideia.

Como investidor, é essencial entender profundamente todas as moedas que você negocia, isso inclui o histórico de preços e projeções futuras. Isso lhe dará uma visão melhor sobre o planejamento de seus investimentos corretamente.

5 – Informação é essencial

Só analisar os gráficos não é suficiente se você quiser ter sucesso nesse mercado, você precisa se manter informado com as notícias, eventos e desenvolvimentos atuais. O mercado de criptomoedas é bastante especulativo e oscila tanto para eventos negativos ou positivos.

6 – Investir tudo o que você tem

Investir tudo o que você tem em uma determinada moeda, é outro erro muito comum que os novatos cometem. Ao investir em sua moeda favorita, é essencial que você compre apenas uma porcentagem do seu dinheiro, e segure o restante para minimizar os possíveis prejuízos. O investidor precisa fazer uma boa gestão do seu capital, ou o mercado não o perdoará.

7 – Sempre faça sua própria pesquisa

Todo novato participa de algum grupo no telegram ou segue um trader de criptomoedas em busca de sinais. Embora não haja nada de errado com isso, mas é importante que você sempre faça sua própria pesquisa. Há centenas de pessoas que promovem moedas e movimentos de mercado em diferentes plataformas sociais.

Nesta imagem temos um homem com um notebook.

Se você seguir essas pessoas e investir seu dinheiro nessas moedas, provavelmente perderá seu investimento. A maioria dessas pessoas são promotores pagos que criam campanhas desnecessárias para convencer muitas pessoas a comprar o que eles estão vendendo.

Uma pesquisa própria é fundamental antes de investir nesse mercado. Você precisa entender o caso de uso da moeda, os movimentos de preço e o estágio de desenvolvimento dessa moeda. Investir seguindo apenas uma indicação, pode ser catastrófico.

8 – Diversifique seu capital

Embora, tenhamos a convicção que existem muitas moedas boas, elas também notaram quedas significativas em algum período de sua existência. As criptomoedas são sempre imprevisíveis, e isso significa que não existe garantias de que uma moeda sobreviva a longo prazo.

Se você é um investidor de longo prazo ou apenas um day trader, você não deve em hipótese alguma “investir todo o seu capital em uma única moeda”. A chave para o sucesso é buscar boas entradas e diversificar seu capital entre diversas moedas.

9 – Quando é a hora de sair?

Depois de fazer um investimento a um preço razoável e você obteve um lucro considerável, a pergunta agora seria “o que vem depois?” A maioria dos investidores novatos não tem planos de venda no mercado. Eles continuam posicionados no mesmo local, e por consequência acabam perdendo todo o seu lucro obtido na operação.

Veja Também: Devo investir em Altcoins?

Essa estratégia pode ser interessante se você é um investidor de longo prazo, mas se você é um investidor de curto prazo, você precisa ter um ponto de saída definido. Uma boa estratégia, é vender por etapas e não de uma só vez. Dessa forma, você obtém alguns lucros instantaneamente e ainda se beneficia se o preço continuar subindo.

10 – A importância da análise técnica

Muitos investidores acreditam que compreender os gráficos é uma coisa complicada. No entanto, não há dúvida de que os movimentos do mercado e os preços das moedas têm padrões que, quando identificados, podem resultar em uma grande chance de lucro.

Entretanto, não há garantias no mercado de criptomoedas, por isso, devido ao movimento especulativo, à analise falha às vezes.

No entanto, é essencial que o investidor leve a sério o investimento no mercado de criptomoedas e entenda os conceitos básicos da análise técnica, como formações de velas, linhas de tendência e suporte e resistência.

Como requisito essencial, você deve entender os níveis de “suporte e resistência” e as zonas de preço pelas quais uma moeda tentou romper e não conseguiu. Identificar esses pontos no gráfico, irá melhorar sua estratégia de investimento.


Tire outras dúvidas, como:

  1. O que é Bitcoin?
  2. Por que usar Bitcoin?
  3. Quem é Satoshi Nakamoto?
  4. As 7 melhores carteiras para Bitcoin
  5. O que é Blockchain?
  6. Como a Blockchain pode ser usada para ajudar a segurança cibernética?
  7. O que é Ethereum ?
  8. O que são Altcoins?
  9. Como funcionam os contratos inteligentes do Ethereum?
  10. As 8 melhores carteiras para Ethereum
  11. Perguntas Frequentes
Avaliação - 98%

98%

Bom

Deixe sua avaliação!

User Rating: 5 ( 10 votes)
Mostrar mais
loading...

Kelly Almeida

Kelly Almeida é uma entusiasta de criptomoedas e blockchain, que está envolvida no ecossistema desde agosto de 2015. Ela é uma colaboradora do portal Studio Bitcoin, que vai focar nos artigos educacionais.

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios