AltcoinDashNoticias

Charlie Shrem faz parceria com a Dash para produzir cartão de débito

O pioneiro do Bitcoin, Charlie Shrem, co-fundador da antiga exchange de Bitcoin BitInstant, está buscando um novo empreendimento, Através de uma parceria com a dash, para a criação de um cartão de débito que seja recarregado com a moeda digital. Ao invés de buscar um financiamento inicial através de meios mais tradicionais, No entanto, Charlie em vez disso, procurou um financiamento diretamente com a própria Dash.

Ao invés da recompensa do bloco minerado ir totalmente para os mineradores, como a maioria das outras moedas, No entanto, com a dash e bem diferente. Apenas 45% da recompensa vai para os mineradores, outros 45% são destinados aos masternode, é os outros 10% são reservados para o desenvolvimento e outros projetos da comunidade.

Leia Também: Exchange Bittrex anuncia suspensão de Saques e Depósitos de Bitcoin

Este projeto tem como objetivo, favorecer a comunidade, é continuar a desenvolver um crescimento brilhante sobre a moeda digital, charlie apresentou uma proposta para os masternodes, buscando financiamento com a organização autônoma descentralizada (DAO) com a própria Dash. A proposta atualmente conta com uma maioria dos votos favoráveis, o que significa que ele vai ser financiado, a menos que aja uma grande quantidade de votos contra.

Em uma entrevista com a Cointelegraph charlie falou sobre sua proposta, é o que tem motivado a se envolver com a Dash, é conhecendo um pouco de sua historia no mundo das criptomoedas.

Entrevista com Charlie Shrem

Cointelegraph: Parabéns pela sua primeira proposta de financiamento com a Dash! O que o te levou a seguir com essa proposta?

Charlie Shrem: Eu tenho trabalhado com a Payza desde 2014, em várias integrações criptográficas. Recentemente, em Miami, conheci a equipe de desenvolvimento de negócios da Dash, e os apresentei para uma exchange que integrou a Dash. Em seguida, aumentei minha posição com a Dash, e consegui entender melhor o projeto. Eu gosto do conceito de MasterNodes e a simplicidade por trás disso. Eu decidi montar um projeto para lançar um cartão de débito Dash e montar um orçamento. Eu percebi que as pessoas se sentiriam mais confortáveis guardando sua dash, e podendo gastá-las em qualquer luga que quisessem. Eu criei uma pré-proposta e o entusiasmo cresceu!

Cointelegraph: Como é que seria fazer negocio com uma moeda, ao invés de uma empresa, afinal isso foge um pouco das formas tradicionais de fazer negócios?

Charlie Shrem: É realmente interessante e sei que outras moedas já tentaram isto. Steem por exemplo, quando os pagamentos do declarante foram maiores, os declarante poderia repartir os fundos para vários projetos. Com a Dash, qualquer um pode apresentar uma proposta, já que eles recebem 10% para o orçamento. É incrível a auto administração e incentivo econômico.

Cointelegraph: isso mudou os parâmetros de como fazer negócios, o que podemos realizar com este cartão?

Charlie Shrem: Este cartão tem duas grandes coisas a ele. Os comerciantes que aceitam Dash agora podem retirar instantaneamente seus fundos e usar o cartão para pagar suas contas. O segundo é psicológico. Quando você esta segurando uma forma de valor, mais difícil de você gastar ou usá-lo, com o cartão e muito mais fácil de usar o seus fundos. Uma das características do Bitcoin, seria sua utilidade ja que as pessoas podem comprar e vender em qualquer lugar. Existem mais de 20 cartões de débito disponíveis para Bitcoin, é hora de termos um cartão da Dash.

Cointelegraph: Você esteve envolvido no mundo das criptomoedas por um longo tempo. O que te motivou a seguir esse caminho?

Charlie Shrem: O que me deixou apaixonado pela criptomoeda, foi um monte de coisas, pela primeira vez as pessoas não precisavam confiar em governos ou corporações, em vez disso, tomamos nossos próprios direitos e defendê-los com a tecnologia.

Cointelegraph: permanece o mesmo hoje?

Charlie Shrem: Claro.

Cointelegraph: antigamente era o mundo do Bitcoin. Ou isso é diferente de hoje?

Charlie Shrem: Eu não acho que ele mudou, mas há muito mais empresas e serviços em torno do Bitcoin agora, então você pode usar uma carteira de sua custódia, mas você tem menos liberdade e pode ser congelado, ou usar sua própria carteira.

Tags

Studio Bitcoin

Studio Bitcoin é um portal brasileiro de notícias e informações sobre Bitcoin, Altcoins é Blockchain.

Posts relacionados

Deixe uma resposta